Imprensa

OceanPact assina contratos de três embarcações de resposta a emergência com a Petrobras no valor de R$ 650 milhões

A OceanPact, companhia líder em resposta a emergência offshore no País, assinou novos contratos com a Petrobras pelo período de quatro anos para o afretamento de três navios OSRVs (Oil Spill Response Vessel) no valor total de R$ 650 milhões. Os contratos foram conquistados após processo de licitação aberto pela operadora.
 
As embarcações Fernando de Noronha, Jim O´Brien e Macaé ficarão a serviço da Petrobras em operações na costa brasileira para prontidão e atendimento a resposta a emergências em caso de incidentes ambientais.
 
“A indústria offshore está experimentando uma melhoria nas taxas diárias das embarcações, uma mudança diretamente impulsionada pelo aumento da demanda decorrente dos novos projetos de óleo e gás, especialmente pelas oportunidades geradas pela Petrobras. Essa demanda crescente por embarcações sublinha a expansão e as novas perspectivas que se abrem para empresas como a OceanPact. Definitivamente, é um bom momento para a OceanPact”, avalia o diretor Comercial da OceanPact, Erik Cunha.
 
Os OSRVs Fernando de Noronha, Jim O´Brien e Macaé são três dos oito navios do tipo OSRVs da OceanPact, que possui uma frota de 28 embarcações composta também por RSVs (ROV Support Vessels), PSVs (Platform Supply Vessels), RVs (Research Vessels), MPSVs (Multi Purpose Support Vessels), AHTSs (Anchor Handling Tug Suplly Vessels) e OTSVs (Offshore Terminal Support Vessel). A OceanPact também detém o maior inventário de equipamentos de combate a emergências offshore da América Latina.