Notícias

OceanPact Day reúne investidores no Rio

A OceanPact recebeu 50 investidores na sede da companhia, no Rio, para a realização do OceanPact Day, em seu segundo ano. O evento, no último dia 18 de junho, foi uma oportunidade de dar mais cor aos negócios da companhia e de tratar das perspectivas para o setor apresentando os principais temas na agenda dos executivos da OceanPact, e aproximando os investidores do negócio e das pessoas que conduzem a empresa.

“Com alegria recebemos novos convidados, além de investidores que participaram da edição passada, para apresentar a nossa visão e os diferenciais da OceanPact”, destacou Flavio Andrade, Diretor Presidente da OceanPact.

“Aqui, pudemos ir além dos nossos indicadores de desempenho, apresentando as iniciativas que estão impulsionando nossa eficiência operacional e crescimento”, afirmou Eduardo de Toledo, Diretor Financeiro, que falou sobre o potencial de resultados de acordo com a evolução do mercado. A OceanPact é a única empresa de seu segmento com ações negociadas em bolsa no País.

Durante a apresentação de Haroldo Solberg, Diretor Geral do Segmento de Embarcações, os investidores tiveram a oportunidade de conhecer a frota da companhia e as ferramentas de gestão usadas para monitorar as atividades das embarcações e garantir a segurança dos marítimos e ativos, mitigando impactos na taxa de ocupação dos navios. Ele destacou a importância da gestão de riscos, a integridade dos ativos e o uso de tecnologia embarcada para aumentar a eficiência e segurança das operações. Também apresentou uma análise do mercado de embarcações de apoio marítimo, tanto global quanto brasileiro.

Adriano Ranieri, Diretor Geral do Segmento de Serviços, mostrou a evolução da sua área e como a integração entre as três unidades de negócio (Subsea & Geociências, Oil Spill Response e Consultoria & Outros) resulta em sinergias, diferenciais competitivos e geração de valor para os clientes.

O Diretor de Sustentabilidade e Novos Negócios, Fernando Borensztein, apresentou a diretriz de sustentabilidade da OceanPact e as possibilidades de identificar, criar e captar novas oportunidades de negócios na economia azul. Erik Cunha, Diretor Comercial e de Marketing, explorou as novas oportunidades de negócios para a OceanPact nos programas de descomissionamento, tanto da Petrobras como de outros clientes da indústria de óleo e gás, e mostrou as últimas atualizações sobre a Margem Equatorial brasileira, assim como o estágio da exploração e produção da margem equatorial na Guiana e no Suriname.

O evento foi encerrado com um bate-papo entre o consultor da Forsea Engenharia, Jose Formigli, Flavio e os investidores. Formigli trouxe uma visão abrangente sobre o mercado de óleo e gás e o papel das embarcações de apoio, destacando as tendências atuais e futuras do setor com desafios e oportunidades, além das inovações necessárias para aumentar a eficiência e a segurança das operações de logística marítima e de inspeção e manutenção submarina.