Notícias

OceanPact inaugura projeto de inovação CRONOS com a participação da Marinha do Brasil

A cerimônia de inauguração do Sistema SeaSonde® da Estação FRIO, localizada na Ilha de Cabo Frio, aconteceu no dia 25 de junho e marcou o início das atividades da Plataforma CRONOS. Esse local com visão privilegiada para o oceano – patrimônio científico e natural preservado pela Marinha do Brasil – foi escolhido pela OceanPact para receber uma das estações de radar de alta frequência para o monitoramento de correntes e ondas.

Com transmissão direta pelo canal do YouTube da OceanPact, a cerimônia contou com a participação da equipe de inovação da Companhia e de representantes da Marinha do Brasil, celebrando uma parceria de sucesso que vai gerar resultados positivos para a sociedade e o meio ambiente. Estiveram presentes o Vice-Almirante Edgar Luiz Siqueira Barbosa, Diretor de Hidrografia e Navegação da Marinha do Brasil; o Contra-Almirante Marcelo Gurgel de Souza, Diretor do Centro Tecnológico da Marinha do Brasil no Rio de Janeiro – CTMRJ; a Dra. Eliane Gonzalez Rodriguez, Diretora do Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira – IEAPM; e o Capitão de Mar e Guerra Vicente Barroso Júnior, Superintendente de Pesquisas do IEAPM.

“Quero parabenizar a OceanPact pela grande conquista e realização que estamos presenciando. A entrada em operação desse radar de alta frequência – com a obtenção de informações sobre correntes marítimas a uma distância de até 300 km da costa – possibilitará a melhoria do monitoramento ambiental. E, somando-se a outros dados meteoceanográficos vindos de diferentes fontes, contribuirá para a redução do tempo entre a ocorrência de um incidente no mar e sua resposta efetiva. Conhecendo a dinâmica dos fatores ambientais da região, como correntes, ventos e ondas, o planejamento torna-se mais robusto e detalhado e as ações de defesa mais eficientes e precisas”, afirmou o Vice-Almirante Edgar Luiz Siqueira Barbosa em seu discurso.

A Plataforma CRONOS conta com apoio financeiro da FINEP e parcerias com a Marinha do Brasil, por meio do Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira, e o Laboratório de Métodos Computacionais e Engenharia da COOPE-UFRJ – LAMCE. Trata-se de uma tecnologia pioneira no Brasil, divisora de águas para o conhecimento do litoral e para os órgãos, mercados e laboratórios que atuam neste ambiente. “Somente reunindo todos esses atores foi possível chegar a esse momento histórico para a meteoceanografia brasileira, quando iniciaremos uma nova fase do monitoramento das condições de mar, contribuindo com a segurança das operações em uma das áreas mais importantes da nossa Amazônia Azul”, disse Carlos Leandro, Gerente de Negócios em Inovação da OceanPact durante a cerimônia.

CRONOS, a plataforma dos oceanos

Criada com base na sinergia entre sustentabilidade e inovação, a Plataforma CRONOS é composta por três estações localizadas no Estado do Rio de Janeiro (Campos, Maricá e Arraial do Cabo), cobre áreas além dos 300 km da costa e profundidades que superam três mil metros, incluindo o perímetro do pré-sal. Integra dados meteoceanográficos de diferentes fontes, com o objetivo de reduzir o tempo entre a detecção de um incidente e uma resposta eficaz. Sua principal inovação consiste na obtenção de mapas de correntes de superfície por meio de radar de alta frequência em tempo quase real. Os mapas somam-se a outros dados coletados por sensores ou via satélite, mantendo um sistema operacional atualizado e preparado para assimilar e gerar modelos hidrodinâmicos de previsão de correntes.